Todo o chá vem das folhas da planta Camellia sinensis. Os tipos de chá são produzidos pela alteração da forma e da química da folha, chamada de processamento.

Neste post você vai conhecer um pouco mais sobre os 6 tipos de chá ou famílias do chá, que são branco, amarelo, verde, oolong, preto e puerh.

O processamento do chá

O processamento do chá consiste em cinco etapas básicas, sendo que alguns deles não utilizam todas elas, enquanto outros chás as repetem por diversas vezes.

O processamento básico consiste em colher, murchar (permitindo que as folhas murchem e amolecerem), enrolar (para dar forma às folhas e espremer os sucos), oxidar e secar.

A parte mais crucial, o que define as categorias do chá, é o grau de oxidação. A oxidação ocorre quando as enzimas da folha do chá interagem com o oxigênio, depois que as paredes celulares são quebradas.

Isso pode acontecer rapidamente, por meio de rolar, cortar ou esmagar, ou mais lentamente, por meio da decomposição natural da folha.

Na verdade, você vê o mesmo processo em uma fruta. Deixada para sentar, a maçã lentamente ficará marrom. Corte ou machuque a maçã, e ela irá dourar muito mais rapidamente. Agora, curiosamente, se você assar a maçã, ela não ficará marrom. As adoráveis ​​fatias de maçã dentro de uma torta parecerão tão frescas quanto quando você as colocou no forno.

Chá branco

O chá branco é basicamente o chá não processado. O nome é derivado da fina “penugem” branca que aparece nos jovens botões fechados ou abertos recentemente.

O chá branco é simplesmente colhido e deixado para secagem. É isso mesmo!

Se o tempo não estiver cooperando, as folhas podem ser colocadas em uma secadora suave em fogo muito, muito baixo para ajudar (o chá não espera por ninguém, nem mesmo chuvas de primavera), mas as folhas não são enroladas, moldadas, etc.

Chá branco Pai Mu Tan, praticamente sem oxidação. FOTO: Bia Nauiack

Alguma oxidação mínima acontece naturalmente, pois pode levar um ou dois dias inteiros para secar as folhas da Camellia sinensis. É por isso que alguns chás brancos apresentam folhas de cores diferentes (branco, verde e marrom).

Os chás brancos produzem um licor verde ou amarelo muito claro e são os mais delicados em sabor e aroma.

Chá verde

O chá verde é colhido, seco e enrolado. Não é oxidado. A oxidação é evitada pela aplicação de calor. Lembra-se de nossas maçãs assadas?

Para o chá verde, as folhas frescas são cozidas no vapor ou na panela (jogadas em uma panela do tipo wok, quente e seca) a uma temperatura quente o suficiente para impedir que as enzimas dourem a folha.

Exatamente como escaldar vegetais, na verdade.

Simultaneamente, as folhas são modeladas enrolando-se com os dedos, pressionando as laterais da wok. As folhas são então enroladas e onduladas – inúmeras formas foram criadas, cada uma com um sabor diferente.

As folhas são então submetidas à cozedura final para que sequem totalmente.

Chá verde
Chá verde

O licor de um chá verde é tipicamente de cor verde ou amarela, e os sabores variam de tostado, gramíneo (chás cozidos na panela) a verduras frescas cozidas no vapor (chás cozidos no vapor) com adstringência leve e vegetal.

Chá amarelo

O chá amarelo é um tipo de chá pouco conhecido, mas muito apreciado. Produzido na China, é semelhante ao chá verde, mas passa por uma fase adicional que o deixa amarelado.

Após a fixação, as folhas são envolvidas em um pano que permite que uma leve oxidação ocorra uma segunda vez. Em seguida, são lentamente secos em carvão, fixando o chá uma última vez.

Chá amarelo, ainda pouco conhecido

Trata-se de uma bebida mais aromática e madura, sem a adstringência que o chá verde apresenta.

Chá oolong

O chá Oolong é um dos chás mais demorados de se criar. Passa por todas as cinco etapas básicas, com laminação e oxidação feitas repetidamente.

Oolong é uma categoria complexa porque é muito ampla: é mais simplesmente descrito como um meio-termo entre o verde e o preto, e isso é bastante preciso.

Esses chás são oxidados em qualquer lugar de 8% a 80% (medidos aproximadamente ao observar a quantidade de marrom ou vermelho na folha enquanto o chá está sendo feito).

As folhas são enroladas e depois deixadas em repouso e oxidação por um tempo. Em seguida, eles serão rolados novamente e depois oxidados repetidamente.

Freqüentemente, um calor moderado é aplicado para desacelerar um pouco as enzimas. Ao longo de muitas horas (às vezes dias), o que é criado é uma bela camada ou “pintura” de aroma e sabor.

Chá oolong: rico em sabores florais ou frutados. Foto: Bia Nauiack

Os oolongs costumam ter um sabor muito mais complexo do que os chás verdes ou brancos, com adstringência muito suave e macia e rico em sabores florais ou frutados.

Por causa de seus perfis de sabor suave, mas rico, Oolongs são ideais para quem está começando a beber chá.

Chá preto

O chá preto também utiliza todas as cinco etapas básicas, mas pode oxidar mais completamente.

Além disso, as etapas são seguidas de uma forma muito linear; eles geralmente não são repetidos em um único lote. O chá preto é completamente produzido em um único dia.

Chá preto: consumido em muitos lugares com chá e açúcar. Também é a base principal do Iced Tea.

O licor fermentado de um chá preto varia entre o marrom escuro e o vermelho profundo. Os chás pretos oferecem os sabores mais fortes e, em alguns casos, a maior adstringência.

Os chás pretos são o único estilo de chá consumido regularmente com leite e açúcar e são as bases mais populares para o chá gelado.

Chá puerh

O chá puerh é uma arte à parte. Primeiro, ele passa por um processo semelhante ao do chá verde, mas antes de a folha secar, é envelhecido como chá de folhas soltas ou prensado em bolos densos e formas decorativas.

Um dos chás escuros mais tradicionais, o Puerh é um chá fermentado (e o uso de ‘fermentação’ está correto aqui, embora não haja produção de álcool).

Pu-erh: o chá escuro com processamento que pode durar anos

Dependendo do tipo de puerh que está sendo feito, o processo de envelhecimento chega a durar alguns meses ou mesmo vários anos.

Puerhs antigos e bem armazenados são considerados “chás vivos”, assim como o vinho. São apreciados por seu aroma terroso, amadeirado ou bolorento e sabor rico e suave.

Conheça o mundo dos chás

Siga a Catherine Fine Teas pelo instagram e confira nossas novidades!

Conheça os chás especiais e infusões  da Catherine Fine Teas

Especialista em chás especiais, infusões e blends artesanais

R$73,00R$115,00
R$69,00R$105,00
R$73,00R$115,00
R$69,00R$109,50
R$65,50R$99,50
R$73,00R$110,00